A RETUR-Rede de Turismo Regional é organização privada sem fins lucrativos que presta serviços pelo Desenvolvimento do Turismo Regional. Institucionalizada em 06 de outubro de 2003, reconhecida como de Utilidade Pública Municipal e Estadual.

Entre seus serviços coordena a IGR – Corredores das Águas, região polarizada pelos municípios de Cianorte, Maringá e Paranavaí e Umuarama, reconhecida e institucionalizada no Estado do Paraná pelo Decreto nº 5925 de 17/09/2012. Atua desde 1998 na região promovendo ações em capacitação de pessoas, atuando como principal organizadora e estimuladora da atividade.

MISSÃO: Atuar pelo desenvolvimento turístico das localidades, de forma integrada ao poder público, com suporte de parceiros e alianças estratégicas.

VISÃO: Ser referência no desenvolvimento do Turismo Regional com cultura empreendedora e ser soluções em rede.

VALORES: Inovação ampliando os limites do conhecimento,

Determinação e Persistência em seus propósitos;

Humanização em suas ações;

Transparência e ética – honestidade acima de tudo;

Ser soluções em rede na soma de competências.

Serviços oferecidos:

  • Capacitação de gestores públicos e privados dos municípios (em gestão, captação de recursos, desenvolvimento de produtos);
  • Palestras, Cursos e Seminários;
  • Capacitação de Agentes de Desenvolvimento pelo Turismo;
  • Educação pelo Turismo – Programa de Agentes Mirins / Agentes do Amanhã;
  • Orientações e /ou realização de inventários;
  • Orientação para criação de conselhos e fundos municipais;
  • Criação e capacitação da Rede de Interlocutores Municipais
  • Manutenção de um Banco de Dados do Municípios (Backup) pertinentes ao Turismo, para não se perder documentos e fotos;
  • Organização e divulgação de Calendário de Eventos Regional;
  • Identificação de produtos turísticos – estabelecimentos e atrativos;
  • Identificação dos segmentos turísticos regionais viáveis;
  • Hierarquização de atrativos, eventos e equipamentos municipais (para promoção, roteiros, modelos etc);
  • Planejamento de roteiros regionais;
  • Identificação e promoção de ações intrarregionais e interinstitucionais;
  • Identificação de indicadores regionais para monitoramento e avaliação do processo de desenvolvimento regional do turismo;
  • Identificação e participação em eventos promocionais, de acordo com a oferta da Região – locais, regionais, estaduais, nacionais e internacionais;